domingo, 31 de maio de 2015

Nosso primeiro post, Obaaaa!

Pensei em varias coisas legais que eu queria falar mais nada mais justo eu dividir com vocês como tudo começou.
eu não nasci cacheada, meu cabelo era liso e fino, mas um dia meu cabelo começou a mudar... eu tinha cerca de 9 anos começou a surgir um crespo em mim.


Aliso meu cabelo tem muitos anos, mais de 15 anos... tanto tempo que eu nem lembro como é meu cabelo natural e como eu não era muito amiga dele não temos muitas fotos juntos.
só lembro que eu não sabia cuidar dele, nada baixava aquele volume, que na época era motivo de piada.
Alisei a primeira vez e achei o máximo aquele cabelo grudado na cabeça, passei henna, raspei metade da cabeça(sim eu fiz isso) fiz trança raiz e por fim fiz alisamento japonês(escova definitiva ou texturização).

Me tornei mãe de um menino que hoje tem 4 anos, fiquei sem alisar meu cabelo por 17 meses e não pensava em outra coisa que não fosse alisamento.
Me tornei mãe de outro menino que hoje tem 1 ano e fiquei 2 anos sem alisar o cabelo e eu não pensava em outra coisa que não fosse: Será que eu aliso de novo?
Com o tempo eu vi que meu bebe tem cachinhos e um dia o irmão mais velho disse: mamãe vamos passar um creminho nesse cabelo dele pra tirar esses cachinhos? esse comentário foi um susto pra mim, olhei meu filho mais velho com seu cabelo super liso, meu esposo não tem cachos e nem é crespo e eu com o cabelo alisado e logo pensei: que referencia meu bebe vai ter?
como vou dizer pra ele que esses cachos são lindos?

Esse é meu cabelo com 2 anos sem química, é muito mais scab hair.

Então meu ultimo alisamento foi dia 21 de fevereiro de 2015 e eu estou em plena transição,
Hoje minha raiz tem poucos centímetros e começou a aquela fase de ficar fofa, cheia e alta, mas
estou super decidida a continuar com a transição.
Hoje existe uma onda gigante entre as mulheres em favor dessa valorização do natural e eu to aqui nessa onda, comecei a perceber que a industria do cabelo se rendeu aos cachos, hoje existe produtos para todos os tipos de cabelo e já ate conseguiram identificar os tipos de cabelo.
Então o blog alem de todo os outros assuntos vai abordar também o tema transição.

Preciso me libertar!
Aqui não to julgando quem alisa e nem que trabalha com alisamentos, mais vou expor a vocês uma coisa muito pessoal, mas que me faz ter mais e mais vontade de viver essa libertação: quando a gente vai no salão alisar o cabelo e sai de la toda linda escovada e pranchada a gente se sente uma diva,
Ultimo alisamento dia 21.02.2015

Mas (em muitos casos) é so lavar  a verdade vem a tona...


Isso sempre acontecia comigo(vejam as fotos e me digam se eu to sem razão)  você fica escrava da prancha e de viver com seu cabelo preso, ai pergunto: que liberdade é essa?
As pessoas dizem: cabelo liso é mais pratico! mentira... mentiraaaaaaa... toda vez que eu lavo meu cabelo eu tenho(tinha) que pranchar, sem falar que  você deixa um rim no salão 2 ou 3 vezes por ano(só rindo minha gente rsrsrs) pois já gastei uma pequena fortuna com alisamento.
As pontas ficam horríveis, o cabelo sempre tem um cheiro estranho e se você for  viajar a primeira coisa que faz é por a prancha na mala ou nem entra na piscina se tiver.

A transição!
Eu precisei ser mãe, precisei parir um cacheado pra entender que o natural é libertador e eu quero essa liberdade pra mim. Quero entrar na água quando tiver afim, não quero correr da chuva e nem me esconder na hora do champagner na virada do ano.
quero ser livre.

Texturização seca

2 Pitacos:

Mariana Leal disse...

Sucesso com o blog <3
http://toobege.blogspot.com.br/

2 de junho de 2015 19:26
Daniele Braga disse...

Gostei é isso.

13 de junho de 2015 22:36
 

©2011Maria Pitaco | by TNB